RS Innovation Agro recebeu 41 mil visitantes durante a Expointer 2022

RS Innovation Agro recebeu 41 mil visitantes durante a Expointer 2022

Espaço dedicado à inovação no agronegócio teve mais de 100 speakers e 68 agtechs.

RS Innovation Agro reuniu os diferentes atores do ecossistema de inovação na Expointer.

A primeira edição do RS Innovation Agro reuniu os diferentes atores do ecossistema de inovação em um espaço focado em conhecimento, empreendedorismo e tecnologia no agronegócio na Expointer 2022.

Durante os nove dias de feira, circularam pelo ambiente cerca de 41 mil pessoas, entre representantes de governo, empresas, universidades e sociedade civil, sem contar a presença de um cão robótico que roubou os holofotes. A iniciativa foi realizada pela Federação Brasileira das Associações de Criadores de Animais de Raça (Febrac) com apoio estratégico da Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia (Sict).

Um dos grandes destaques da programação foi o RS Innovation Agro Stage, palco dedicado a painéis, oficinas, lançamentos e apresentações. Os debates incluíram temas como políticas públicas de fomento ao agronegócio, sustentabilidade, agricultura de baixo carbono e inovação na indústria de alimentos. Além disso, foram lançados o edital Inova Agro Sict/Fapergs, que destinará R$ 7,5 milhões para projetos voltados a agrotecnologias, o e-book Casos de Sucesso em Inovação 2022 e o selo Carne Premium Gaúcha.

Para o titular da Sict, Alsones Balestrin, uma reflexão importante produzida durante o evento foi a possibilidade de um novo conceito para o Parque Estadual de Exposições Assis Brasil, em Esteio, que poderia funcionar como um hub de inovação. “O parque tem potencial para se tornar um ecossistema rico em pesquisa, inovação, tecnologia e empreendedorismo”, afirmou.

Outra atração do RS Innovation Agro foram as 68 agtechs (startups com atuação no agronegócio). Divididas em grupos de 10 que se revezavam a cada dois dias, essas empresas puderam trocar ideias, fazer parcerias e fechar negócios. No palco, houve 55 pitchs, nos quais as startups apresentaram seus produtos e processos inovadores. O ambiente contou ainda com 9 hubs e centros tecnológicos, 10 empresas expositoras e mais de 100 palestrantes.

Conforme João Francisco Wolf, presidente da Febrac, o projeto deve se tornar itinerante e se espalhar pelo RS e por outros estados. Além disso, a segunda edição do RS Innovation Agro é esperada para a Expointer 2023.