RS Innovation Agro na Expointer 2023 será ampliado e contará com extensa programação com curadoria da Sict

RS Innovation Agro na Expointer 2023 será ampliado e contará com extensa programação com curadoria da Sict

Um espaço totalmente dedicado à inovação voltada ao agronegócio na Expointer deve atrair startups, empresas, hubs de inovação e parques tecnológicos para a discussão de temas emergentes. Batizada de RS Innovation Agro, os números da iniciativa, em 2023, prometem superar os da primeira edição, realizada em 2022. Para atrair mais do que os 41 mil visitantes registrados no ano anterior, haverá a ampliação do espaço dedicado às startups e diversas novidades, como um ambiente para networking e sinal de wi-fi liberado.

No espaço, sediado na Casa da Febrac, a Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia (Sict) lançará o Centro de Inteligência do Agro, em parceria com a Secretaria da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação (Seapi).

O evento ocorre durante todo o período da 46ª edição da feira – de 26 de agosto a 3 de setembro – e tem realização da Federação Brasileira dos Criadores de Animais de Raça (Febrac), com apoio estratégico da Sict. A pasta é responsável pela programação do RS Innovation Agro Stage, palco dedicado à discussão das ideias mais disruptivas e atuais que permeiam o setor, além de auxiliar na organização da programação e na captação de parceiros.

Conforme a titular da Sict, Simone Stülp, renovar a parceria com a Febrac e chegar à segunda edição do RS Innovation Agro Stage – uma extensão do RS Innovation Stage, palco do governo no South Summit Brazil – demonstra o sucesso que a primeira edição obteve. “Nós sabemos que podemos muito mais este ano, justamente porque o agronegócio tem vocação para a inovação. Isso está mais do que provado”, disse a secretária. “Temos uma extensa programação sendo preparada com muita dedicação e entusiasmo.”

Em 2022, foram mais de 100 speakers no palco, que também contou com lançamentos de editais e entrega de distinções a produtores rurais. Este ano, temas emergentes, como a inovação diante da estiagem, das mudanças climáticas e da inteligência artificial, devem ser pautados.

Com a intenção de atrair ainda mais startups – em 2022, foram 68 –, haverá a ampliação do espaço destinado às agtechs. Além disso, haverá uma cafeteria no estilo coworking, com estrutura para realização de reuniões e conversas de negócios. Também será instalado um estúdio de gravação de podcasts diários com participantes do evento. A estrela de 2022, um robô em forma de cão que foi carinhosamente apelidado de “cusco tech”, vai comparecer à edição de 2023 e contará com uma casinha.

“Nosso intuito é sensibilizar as pessoas, acima de tudo, para a importância da inovação e do pensamento disruptivo. Queremos levar isso para toda a cadeia do agro, de pequenos a grandes produtores rurais”, destacou Simone. “Todos somos impactados diariamente pelo setor, e é muito importante que o RS Innovation Agro reflita as possibilidades que a inovação, a ciência e a tecnologia agregam diante dos desafios da atualidade”, concluiu a secretária.

https://www.agrolink.com.br/