agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-cna-senar-agronegocio-agrotech-startse-sp-2
agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-aldo-rosa-ceo-palestrante-cna-senar-agronegocio-fenasoja-santa-rosa-9
rede-rs-cidade-2024-brasil-inovador-rio-grande-sul-aldo-rosa-ceo-reconstrucao-doacoes-resgate-acolhimento-abrigo-municipio-enchente-randoncorp-daniel-instituto-elisabetha-randon
agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-aldo-rosa-ceo-palestrante-cna-senar-agronegocio-gaff-agribusiness-festival-xp-sp
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-startup-ia-esg-hub-cni-cna-cnc-cnt-ntc-universo-totvs-sp-2
agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-aldo-rosa-ceo-palestrante-plataforma-cna-senar-agronegocio-feira-daf-caminhoes-bahia-farm-show
saude-inovadora-2024-rede-inovacao-esg-ia-ecossistema-hub-startup-aldo-rosa-ceo-palestrante-cns-simesp-simers-feira-hospitalar-sao-paulo-grupo-bradesco-biobrazilfair-biofach-organico
agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-aldo-rosa-ceo-palestrante-plataforma-cna-senar-agronegocio-feira-industria-leiteira-megaleite-2

Expointer 2023: Seminário reforça relações comerciais entre Rio Grande do Sul e China

Expointer 2023: Seminário reforça relações comerciais entre Rio Grande do Sul e China

Foi realizado, nesta terça-feira (29/8), o seminário “Oportunidades e desafios na parceria econômica Brasil-China: estreitando laços para a cooperação com foco no desenvolvimento mútuo”. O evento teve como objetivo reforçar a relação comercial do Rio Grande do Sul e do Brasil com o país asiático. Cerca de 150 lideranças políticas, empresariais e setoriais participaram do evento, além da delegação chinesa, que veio pela primeira vez ao Estado. O encontro ocorreu no Auditório da Administração do Parque Assis Brasil, durante a 46ª Expointer, em Esteio.

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), apoiou o seminário, consolidado pelo Departamento de Promoção Comercial, Investimentos e Assuntos Internacionais (DPCI), junto à Frente Parlamentar Brasil-China e ao Instituto Confúcio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS).

No evento, foi apresentado um vídeo do embaixador da China no Brasil, Zhu Qingqiao. Ele destacou que empresas gaúchas representam quase 70% do investimento brasileiro no país asiático. “O Rio Grande do Sul é uma força na parceria sino-brasileira”, disse. O embaixador reiterou o interesse em continuar com a aliança comercial e citou como setores focais infraestrutura, energia, telecomunicações, inovação, agrícola e transição verde.

“Os produtos gaúchos exportados para a China são de excelência, e queremos ampliar seu volume e sua diversidade”, enfatizou o secretário da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação (Seapi), Giovani Feltes, que representou o governador Eduardo Leite no seminário.

O titular da Sedec, Ernani Polo, ressaltou a importância da vinda da delegação e mencionou a habilitação das plantas frigoríficas como uma das prioridades na relação bilateral. “Temos indústrias frigoríficas aptas a fornecer alimentos à espera da liberação chinesa. Além disso, temos também tecnologias para máquinas agrícolas”, salientou. 

O presidente da China Comunications Construction Company (CCCC), Li Lin, frisou a liderança do Rio Grande do Sul em diversas áreas e sua longa história com a China. Ele lembrou que a relação começou no agronegócio, mas hoje se estende para áreas como finanças e tecnologia. “Espero que, no futuro, as relações fiquem ainda mais estreitas”, projetou.

Já Guo Yinghui, presidente da China Council for the Promotion of International Trade (CCPIT), escritório de promoção comercial da China no Brasil, apontou que a delegação chinesa está otimista sobretudo com a parceria na área de infraestrutura. “Existem muitas consonâncias entre as empresas e o desejo dos gaúchos em fomentar processos sustentáveis, o que coloca o Estado como fundamental para o desenvolvimento do Brasil”, comentou. 

“Saio daqui otimista quanto ao aperfeiçoamento dos investimentos que já estão acontecendo com capital chinês no Estado, especialmente na área de infraestrutura”, disse o presidente da Frente Parlamentar Brasil-China, deputado estadual Jeferson Fernandes.

O seminário é um desdobramento da missão do Estado à China em março deste ano. O próximo passo é a organização de uma missão para Pequim, em novembro, com a finalidade de participar da Feira Mundial de Cadeia de Suprimentos (CISCE), organizada pelo governo chinês.


https://www.expointer.rs.gov.br