Expointer 2023: Países que participam da 46ª Expointer promovem negócios, artesanato e oportunidades de educação

Expointer 2023: Países que participam da 46ª Expointer promovem negócios, artesanato e oportunidades de educação

Eles dão sentido ao “inter” em Expointer: para ser internacional, uma feira deve contar com a participação de outros países. Na edição deste ano, no Pavilhão Internacional, os estandes de Alemanha, Estados Unidos, Peru, Equador e Uruguai vieram para mostrar seus negócios no setor do agro, os aspectos culturais que nos aproximam e também suas peculiaridades.

Alemanha

O país participa da Expointer desde a primeira hora: foi a nação que nos presenteou, em 1974, com as famosas três esferas que se tornaram marca registrada da feira. Para esse ano, a Câmara Brasil-Alemanha no RS, responsável pelo estande do país no Pavilhão Internacional, elaborou uma programação voltada para a cultura germânica e sua forma particular de conduzir negócios.

A programação do estande da Alemanha está focada no agro e na ESG – sustentabilidade ambiental, social e de governança corporativa, com um workshop por dia, de segunda a sexta-feira, sempre às 15h. A exceção será na terça-feira, dia 29, em que haverá o Dia da Alemanha, com vários workshops. 

“Um deles será em parceria com o Instituto Goethe, uma aula demonstrativa de alemão para iniciantes, às 11h. Tivemos no ano passado e foi um sucesso. E também teremos um dos mais concorridos, às 14h, que será o de como negociar com os alemães, dentro da vocação da Câmara de gerar negócios entre Brasil e Alemanha”, detalha a coordenadora de Comunicação e Eventos da Câmara Brasil-Alemanha no RS, Dieli Fontoura.

Peru e Equador

Os estandes do Peru e do Equador apresentam propostas diferentes: em vez de uma simples presença institucional, os dois espaços oferecem ao público a oportunidade de comprar artesanatos típicos dos países sul-americanos.

Os artesãos equatorianos vêm há mais de 20 anos para a Expointer. Já no estande do Peru, um grupo de cinco amigos se programa anualmente para participar da feira, numa tradição que já dura mais de 15 anos.

“Tem muitas pessoas que não conseguiriam ir até o Peru, e aqui temos todos os produtos artesanais para mostrar nossa cultura e nossos antepassados incas, das regiões Costa, Serra e Selva”, conta o artesão Gregorio Raymundo.

Estados Unidos

Após um hiato de 26 anos, entre 1992 e 2019, os Estados Unidos vêm participando de todas as edições da Expointer – presente, inclusive, na edição totalmente digital de 2020, por causa da pandemia.

Além do estande próprio, com degustação de vinhos americanos na quarta-feira, 30 de agosto, às 16h, o Consulado dos Estados Unidos da América também promoverá duas palestras em outros espaços. No dia 31 de agosto, às 16h, no estande do Governo do RS, David Hobbs, da Associação Internacional Americana de Charolês fala sobre o posicionamento da raça no mercado internacional e as vantagens do gado charolês. No dia 1º de setembro, às 17h30, também no estande do Governo do RS, a professora Jennifer Clarke, da Universidade de Nebraska-Lincoln, fala sobre mudanças climáticas e agricultura sustentável. 

Uma das atrações do estande do Consulado dos EUA será no sábado, 2 de setembro, das 14h às 16h. Representantes do EducationUSA e da Pan American School de Porto Alegre vão promover uma conversa sobre como estudar no país norte-americano, incluindo informações sobre os vistos de estudante, intercâmbio, cursos de curta duração e programas de graduação e pós-graduação. 

“O EducationUSA é o escritório oficial do governo americano que promove estudos no país e possui uma rede global de mais de 400 centros de orientação, entre eles, dois no Rio Grande do Sul e um em Santa Catarina”, detalha a relações-públicas do Consulado, Kerley Tolpolar. 

Uruguai

Nosso vizinho mais próximo, o Uruguai é presença quase garantida em toda Expointer. Em seu estande, mantido pela Câmara Brasil-Uruguai, delegações de instituições e empresas uruguaias dividem o espaço para apresentar produtos, serviços e fechar negócios.

Conforme o Uruguay XXI, instituto de investimentos, exportação e promoção da imagem do país, o Brasil é um dos principais parceiros comerciais do Uruguai e participar da Expointer é uma excelente oportunidade para consolidar as relações comerciais entre os dois países e explorar novas oportunidades de negócios.


https://www.expointer.rs.gov.br