agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-cna-senar-agronegocio-agrotech-startse-sp-2
agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-aldo-rosa-ceo-palestrante-cna-senar-agronegocio-fenasoja-santa-rosa-9
rede-rs-cidade-2024-brasil-inovador-rio-grande-sul-aldo-rosa-ceo-reconstrucao-doacoes-resgate-acolhimento-abrigo-municipio-enchente-randoncorp-daniel-instituto-elisabetha-randon
agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-aldo-rosa-ceo-palestrante-cna-senar-agronegocio-gaff-agribusiness-festival-xp-sp
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-startup-ia-esg-hub-cni-cna-cnc-cnt-ntc-universo-totvs-sp-2
agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-aldo-rosa-ceo-palestrante-plataforma-cna-senar-agronegocio-feira-daf-caminhoes-bahia-farm-show
saude-inovadora-2024-rede-inovacao-esg-ia-ecossistema-hub-startup-aldo-rosa-ceo-palestrante-cns-simesp-simers-feira-hospitalar-sao-paulo-grupo-bradesco-biobrazilfair-biofach-organico
agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-aldo-rosa-ceo-palestrante-plataforma-cna-senar-agronegocio-feira-industria-leiteira-megaleite-2

Expointer 2023: Escola do Chimarrão acolhe centenas de visitantes na feira

Expointer 2023: Escola do Chimarrão acolhe centenas de visitantes na feira

Quem chega na Escola do Chimarrão, na 46ª Expointer, não sai do espaço sem provar um mate, reabastecer o estoque de água quente ou conhecer um novo jeito de preparar a bebida mais tradicional dos gaúchos. “Aqui todos que chegam são acolhidos, têm espaço para preparar o seu mate, descansar dos passeios pelo parque e tomar um bom chimarrão”, enfatiza o diretor executivo da Escola do Chimarrão, Luís Fernando Rodrigues, ressaltando o intenso movimento ao longo de todo o final de semana na feira.

Com flores, para homenagear a primavera, com prego, para evitar marchas com a bomba, para os namorados, composta por duas bombas, e com a marca da Expointer, as várias formas de montagem das cuias sempre despertam a curiosidade de quem vai ao Galpão José Carlos Haas. São 36 diferentes formas de montar a bebida que tem a marca da integração entre os gaúchos.

Para fazer um bom mate, Rodrigues alerta que a temperatura da água é fundamental, devendo ficar entre os 70 e 75 graus. Outro ponto importante é observar a data de fabricação da erva-mate — quanto mais recente, melhor —, além de observar aspectos como sabor e odor. Uma dica importante para a bomba não entupir: não começar pelo bocal, mas pelo bojo, evitando o acúmulo de resíduos.

A escola também é um importante espaço para divulgar a erva-mate (que neste ano tornou-se Patrimônio Cultural Imaterial do RS), a cultura do chimarrão, o nome de Venâncio Aires — considerada a Capital Nacional do Chimarrão — e para as comitivas internacionais que tradicionalmente visitam o evento. “Aqui é o espaço para saber um pouco mais sobre esse elemento tão importante sobre a cultura do gaúcho”, enfatizou.

Ao longo da semana, a Escola também vai receber a equipe que faz a divulgação da Rota do Chimarrão, um passeio que contempla a região dos ervais e serrana de Venâncio. A programação inclui passeios por ervateiras, agroindústrias e viveiros, além de atrativos no centro do município como o Museu de Venâncio Aires e a Igreja Matriz São Sebastião Mártir.


https://www.expointer.rs.gov.br