Expointer 2023: Angus e Ultrablack tem animais de alto padrão racial no julgamento de argola da Expointer

Expointer 2023: Angus e Ultrablack tem animais de alto padrão racial no julgamento de argola da Expointer

Em uma tarde ensolarada os animais das raças angus e ultrablack entraram na pista de exposição da 46ª Expointer em Esteio (RS), para o julgamento de argola. O juiz foi o uruguaio, Juan Marcos Berruti.

 

“Estou muito feliz com o que vi aqui nas pistas. São animais com uma pureza racial altíssima, além de um potencial alto em produzir carne, as fêmeas possuem uma feminilidade muito bonita de ver, e os machos muito bem estruturados, ótimos touros. A genética e o trabalho que vem sendo feito, tanto com angus quanto com o ultrablack é muito satisfatório. Os criadores estão de parabéns”, avalia Berruti.

Grandes Campeões raça Angus

O jurado uruguaio entregou o título do grande campeonato de touro angus para a Cabanha Bortolozzo, propriedade de Vinícius Bortolozzo, de Antônio Prado e Bom Jesus, com o touro Bortolotozzo TE 16 Margarida RESOURCE, do box 1004, com a tatuagem TE16. O pecuarista, comemora a primeira vitória. “Estamos muito honrados em termos ganhado o grande campeão da raça angus. Essa é uma pista muito concorrida, estamos há 3 anos trazendo animais e ganharmos com este exemplar é a melhor recompensa de que nosso trabalho está no caminho certo”.

 

Ganharam ainda na categoria machos o reservado grande campeão a Cabanha 4 Linhas, de Guaíba (RS), com o 4 Linhas Duque TEA 138 Resource, do box 1004, de Luiz Antônio Venker Menezes, já o 3º melhor ficou com o touro Reconquista 3337 Zeloso B. Interest, da Cabanha Reconquista, de José Paulo Dorneles Cairoli, de Alegrete (RS), o pecuarista em parceria com a Lume também levou para casa a reservada grande campeã, com a novilha Reconquista TE3368 Zeloso Bismark, do box 1051, tatuagem TE3368.

 

Quem levou para casa a vaca grande campeã angus foi a Cabanha São Bibiano, de Uruguaiana, que já tem tradição na raça levou o bi grande campeonato com a São Bibiano Cab.Tamarik 8215, do box 1060. “É sempre muito gratificante ganhar aqui na Expointer. Prezamos na nossa propriedade melhorar cada vez mais a raça. Esse exemplar percebemos desde pequena que ela tinha potencial, e agora confirmamos em pista”, analisa Antônio Martins Bastos Filho, da Cabanha São Bibiano. Já a terceira melhor da raça angus ficou com o Tellechea 4085 Sandyknowe, de Sérgio Bastos Tellechea, da Cabanha Tellechea de Uruguaiana (RS).

Tri campeonato da Cabanha 4 Linhas na raça Ultrablack

Os animais da Cabanha 4 Linhas sagraram-se campeões também com a raça ultrablack. A cabanha de Guaíba, levou para casa o título de fêmea grande campeã, com a vaca 4 Linhas Baronesa U110 Poncho, e o macho grande campeão da raça ultrablack, com o animal 4 Linhas U123 D Black – parceria da Cabanha 4 linhas de Luiz Antônio Venker Menezes e Erni Bublitz. “Estamos muito orgulhosos do trabalho do nosso time. Esse é o nosso terceiro ano na Expointer e poder mostrar consistência e regularidade é muito importante”, celebra Luiz Antônio Venker Menezes.

A Cabanha 4 Linhas ainda levou para casa o reservado grande campeão e o terceiro melhor macho da raça ultrablack com os animais 4 Linhas U123 D. Black, do box 1586 e o 4 Linhas Barão U116 Poncho, do box 1587.

“Temos dado prioridade para as melhores vacas e os melhores touros no cruzamento do Ultrablack. Essa raça tem um grande futuro. Nós temos que trabalhar com o que há de melhor para que ela siga uma evolução com qualidade”, finaliza Álvaro Dumoncel, da Cabanha 4 Linhas.

A reservada grande campeã, e a terceira melhor fêmea ficou com a Fazenda Santa Eugênia, com a vaca do box 1594, Santa Eugênia UB 4981F, de João Francisco da Silveira Neto em parceria com a Fazenda Cazarana de Erni Bublitz, e a exemplar Santa Eugênia UB 2044F, do box 1589, respectivamente.


https://www.expointer.rs.gov.br/