AGRISHOW
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-esg-ia-innovation-trends-brazil-cni-cna-cnc-hub-startups-web-summit-rio-janeiro-rj-melanie-nakagawa-microsoft-itau-aldo-rosa-1
agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-cna-senar-agronegocio-agrotech-startse-sp-2

Expodireto Cotrijal: Abertura da 24ª edição tem pedidos por avanço na irrigação e seguro rural

Expodireto Cotrijal: Abertura da 24ª edição tem pedidos por avanço na irrigação e seguro rural

Abertura da 24ª Expodireto Cotrijal tem pedidos por avanço na irrigação e seguro rural

Solenidade foi prestigiada por autoridades federais, estaduais e municipais

A chuva marcou presença na abertura oficial da 24ª Expodireto Cotrijal, em Não-Me-Toque, na manhã desta segunda-feira (4), sinalizando que a seca do último verão ficou no passado. O clima propício para a agricultura foi comemorado pelas autoridades presentes no Auditório Central, mas também serviu de embasamento para lembrar que o Rio Grande do Sul necessita de investimentos em irrigação e um seguro rural eficiente.

O presidente da Cotrijal, Nei César Manica, ressaltou que a chuva que tem normalizado a produção não resolve o problema para safras futuras. “Precisamos sair da Expodireto com algumas ações concretas para que nós possamos avançar na questão da irrigação e da retenção de água”, afirmou.

Manica aproveitou a presença do ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, para reivindicar um seguro rural robusto, de amplitude nacional, com participação de cooperativas, indústrias e governo para auxiliar os produtores quando ocorrer uma catástrofe climática.

Fávaro, que em seu discurso relatou a abertura de novos mercados para a agropecuária brasileira em 39 países, a partir de missões institucionais empresariais lideradas pelo Ministério da Agricultura, relatou que o governo federal planeja melhorias no seguro rural.

“Tem muita coisa ainda para ser feita, um Plano Safra ainda melhor, mais eficiente e com linhas mais efetivas chegando aos produtores e o seguro rural, tão importante, ser modernizado, ter mais recursos e uma participação bipartite”, destacou Fávaro.

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, voltou ao tema da irrigação, afirmando que ele precisa ser enfrentado em duas frentes, com a oferta de recursos via financiamento e uma legislação que garanta suporte, respaldo e segurança jurídica. Ele comentou que, na semana passada, foi lançada mais uma etapa do Programa Supera Estiagem.

“Pretendemos colocar R$ 200 milhões, ao longo dos próximos anos, de subsídios do Governo do Estado, como subvenção aos produtores que fazem investimentos com até R$ 100 mil ou 20% do valor do investimento, o que deve alavancar em R$ 2 bilhões investimentos para irrigação no Estado. A nossa expectativa é aumentar em pelo menos 35% a área irrigada no Rio Grande do Sul nos próximos três anos”, disse Leite.

Solenidade prestigiada

A abertura oficial também contou com a presença do governador de Goiás, Ronaldo Caiado, que na noite de domingo (3) recebeu o Troféu Brasil Expodireto. Ele destacou que seu plano para a tarde de segunda-feira era aprender com as novidades trazidas nos estandes da feira.

“Com a inteligência artificial e o nível de pesquisa que nós estamos, nós vamos produzir mais, respeitando o nosso meio ambiente. Nós precisamos é de paz, é de uma política que reconheça que se o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil cresceu 2,9% em 2023, a agropecuária cresceu 15,1%, ou seja, cinco vezes mais do que o país”, disse Caiado.

Dezenas de autoridades marcaram presença na cerimônia de abertura oficial da 24ª Expodireto Cotrijal, como os senadores Luis Carlos Heinze e Hamilton Mourão; o deputado federal Pompeo de Mattos representando a Câmara dos Deputados; o presidente da Assembleia Legislativa, Adolfo Brito; o prefeito de Não-Me-Toque, Gilson dos Santos, além de parlamentares em nível federal, estadual e regional.

A feira segue até sexta-feira (8), no Parque da Expodireto Cotrijal, em Não-Me-Toque, em uma área com 131 hectares e mais de 570 expositores. Em 2023, a Expodireto Cotrijal recebeu 320 mil visitantes e registrou R$ 7,04 bilhões em comercialização.