agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-cna-senar-agronegocio-agrotech-startse-sp-2
agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-aldo-rosa-ceo-palestrante-cna-senar-agronegocio-fenasoja-santa-rosa-9
rede-rs-cidade-2024-brasil-inovador-rio-grande-sul-aldo-rosa-ceo-reconstrucao-doacoes-resgate-acolhimento-abrigo-municipio-enchente-randoncorp-daniel-instituto-elisabetha-randon
agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-aldo-rosa-ceo-palestrante-cna-senar-agronegocio-gaff-agribusiness-festival-xp-sp
agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-aldo-rosa-ceo-palestrante-plataforma-cna-senar-agronegocio-expointer-confirmada-governo-rs-2

Empresa de Joinville leva nanotecnologia para o campo com inovação e sustentabilidade

Empresa de Joinville leva nanotecnologia para o campo com inovação e sustentabilidade

A Nório, empresa de Joinville, está investindo na nanotecnologia para aplicar agrotóxicos e pesticidas em produções rurais. O material busca reduzir custos e garantir uma agricultura mais sustentável.

A ideia é inserir os pesticidas em cápsulas que sejam resistentes mesmo se diluídas na água, tenham mais eficiência e maior durabilidade que os métodos atuais. Para isso, o material é lançado em diversas áreas das plantas, reutilizando materiais da indústria do papel. 

Os agricultores que adotaram a tecnologia tiveram uma redução de 15% a 30% no uso de agrotóxicos.

O projeto da Nório foi apresentado para iniciativas da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) e secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação, do governo estadual.


https://www.nsctotal.com.br