agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-cna-senar-agronegocio-agrotech-startse-sp-2
agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-aldo-rosa-ceo-palestrante-cna-senar-agronegocio-fenasoja-santa-rosa-9
rede-rs-cidade-2024-brasil-inovador-rio-grande-sul-aldo-rosa-ceo-reconstrucao-doacoes-resgate-acolhimento-abrigo-municipio-enchente-randoncorp-daniel-instituto-elisabetha-randon
agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-aldo-rosa-ceo-palestrante-cna-senar-agronegocio-gaff-agribusiness-festival-xp-sp
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-startup-ia-esg-hub-cni-cna-cnc-cnt-ntc-universo-totvs-sp-2
agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-aldo-rosa-ceo-palestrante-plataforma-cna-senar-agronegocio-feira-daf-caminhoes-bahia-farm-show
saude-inovadora-2024-rede-inovacao-esg-ia-ecossistema-hub-startup-aldo-rosa-ceo-palestrante-cns-simesp-simers-feira-hospitalar-sao-paulo-grupo-bradesco-biobrazilfair-biofach-organico
agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-aldo-rosa-ceo-palestrante-plataforma-cna-senar-agronegocio-feira-industria-leiteira-megaleite-2

BNDES lança nova linha para cooperativas do agronegócio

BNDES lança nova linha para cooperativas do agronegócio

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) abrirá uma nova linha de capital de giro para cooperativas agropecuárias. O banco de fomento estima atingir até R$ 1 bilhão em financiamento pela solução na safra de 2023 e 2024. A expectativa é que o produto já esteja em vigor a partir de 17 de outubro.  

“A solução busca ampliar as opções de crédito para o setor, complementando os recursos disponibilizados via Plano Safra”, disse o banco de fomento ao anunciar a nova linha nesta 2ª feira (9.out.2023). 

A nova ferramenta de financiamento usa dinheiro da linha BNDES Crédito Rural. Contará com taxas pré-fixadas (já definidas) e pós-fixadas (que acompanham algum indicador).  

Também há possibilidade de indexação da dívida em variação cambial. Nesse caso, os débitos podem ser reajustados conforme a variação de alguma moeda estrangeira. O recurso abrangerá especialmente as cooperativas com receita em dólar (US$). 

Operações contratadas até 31 de março de 2024 terão alguns diferenciais: 

  • prazo de pagamento de até 5 anos;
  • carência de 1 ano para cooperativas que atuem em áreas com emergência decretada pelo governo federal desde janeiro de 2021.  

A partir de abril, o prazo de pagamento será de 2 anos e a carência, 6 meses.

“As condições temporárias visam a atender a cooperados de todo o país afetados pelos extremos climáticos durante a atual safra, assim como nas duas safras anteriores”, afirma o BNDES. No comunicado, a instituição financeira deu destaque às safras afetadas pelo ciclone no Rio Grande do Sul.


https://www.poder360.com.br