AgroBV: Boa Vista assume protagonismo do agro com feira que movimentou R$ 30 milhões e recebeu 45 mil visitantes

AgroBV: Boa Vista assume protagonismo do agro com feira que movimentou R$ 30 milhões e recebeu 45 mil visitantes

Os números apresentados pela AgroBV 2023 mostram que o evento deu o passo definitivo para se tornar não apenas a maior feira do agronegócio de Roraima, mas também para posicionar o município de Boa Vista como protagonista do desenvolvimento agrícola do estado, com capacidade de identificar novas oportunidades no campo e investir recursos para beneficiar toda a sociedade em geral.

Foram movimentados, em três dias de evento, cerca de R$ 30 milhões em financiamentos e vendas de máquinas. O público respondeu ao chamado, com 45 mil visitantes que passaram pelo Centro de Difusão Tecnológica, na região do Bom Intento e que puderam conferir os empreendedores da agricultura da zona rural de Boa Vista em busca da modernização.

O perfil de um grande público jovem mostra que as novas gerações estão de olho no campo e na expansão do agronegócio. Os visitantes conferiram que a AgroBV desenvolve um importante papel na economia da capital, com reflexos para todo o estado e no fomento do agronegócio e da agricultura familiar.

A feira serviu de ponte para produtores e técnicos, bem como um balcão de negócios para fabricantes de equipamentos, implementos e insumos agrícolas, se tornando um instrumento de troca de aprendizados e tecnologias, além de promover um ambiente de negociações. E isso sem contar com a estrutura de lazer e entretenimento para visitantes.

As 44 empresas que expuseram máquinas, veículos, sementes e produtos agropecuários tiveram à sua disposição, agentes financiadores que ofertaram linhas de crédito facilitadas. Assim como agricultores familiares e beneficiários da Agência Municipal de Empreendedorismo e Fomento (AME-BV) tiveram espaços para exposição e comercialização dos seus produtos.

Inclusive, por meio da AME-BV, a prefeitura anunciou durante o evento uma nova linha de crédito para os pequenos agricultores, ofertando 25 linhas de crédito no valor de R$ 20 mil reais, para apoiar a agricultura familiar. Com isso, deve investir meio milhão de reais no setor.

Ao investir no desenvolvimento do setor agrícola, a Prefeitura de Boa Vista cria diversas oportunidades de emprego e renda. E a AgroBV tem esse importante papel de ser a vitrine de oportunidades para empreender, estimulando o agronegócio e aplicando novas tecnologias, ajudando a agricultura familiar a adquirir técnicas e conhecimentos para aumentar sua produção.

Quem apostou na feira comemorou, a exemplo do dono da empresa Agrosol, Luiz Valdemar Albrecht, revendedora da New Holland, que lucrou cerca de R$ 5 milhões com a venda de máquinas agrícolas e industriais. O gerente da Mardisa Agro, Paulo Henrique de Paula, autorizada da marca Massey Ferguson, contabilizou R$ 2 milhões com comercialização de tratores e colheitadeira de alta tecnologia. A empresa Rolatrek, autorizada da marca Stara, lucrou R$ 1,8 milhão.

Ao assumir o protagonismo do agronegócio, a prefeitura passa a ter o papel de enfrentar os desafios para estimular o processo de criação de soluções inovadoras e oportunidades de empreender no campo. Esse foi o novo passo dado este ano pela maior feira do agronegócio de Roraima.

Boa Vista vive o mais importante momento de crescimento e expansão do agronegócio e da agricultura familiar, resultado das ações voltadas para a transformação da qualidade de vida na zona rural e comunidades indígenas, bem como investimentos pesados com aquisição de novas máquinas e implementos agrícolas modernos. Esse foi o legado apresentado ao público durante o AgroBV 2023.


https://www.folhabv.com.br