agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-cna-senar-agronegocio-agrotech-startse-sp-2
agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-aldo-rosa-ceo-palestrante-cna-senar-agronegocio-fenasoja-santa-rosa-9
rede-rs-cidade-2024-brasil-inovador-rio-grande-sul-aldo-rosa-ceo-reconstrucao-doacoes-resgate-acolhimento-abrigo-municipio-enchente-randoncorp-daniel-instituto-elisabetha-randon
agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-aldo-rosa-ceo-palestrante-cna-senar-agronegocio-gaff-agribusiness-festival-xp-sp
rede-brasil-inovador-2024-inovacao-innovation-trends-aldo-rosa-ceo-palestrante-ecossistema-startup-ia-esg-hub-cni-cna-cnc-cnt-ntc-universo-totvs-sp-2
agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-aldo-rosa-ceo-palestrante-plataforma-cna-senar-agronegocio-feira-daf-caminhoes-bahia-farm-show
saude-inovadora-2024-rede-inovacao-esg-ia-ecossistema-hub-startup-aldo-rosa-ceo-palestrante-cns-simesp-simers-feira-hospitalar-sao-paulo-grupo-bradesco-biobrazilfair-biofach-organico
agro-inovador-2024-rede-brasil-inovacao-esg-ia-ecossistema-startups-hub-aldo-rosa-ceo-palestrante-plataforma-cna-senar-agronegocio-feira-industria-leiteira-megaleite-2

ABDI e Ministério da Agricultura lançam edital do Agro 4.0; entenda

ABDI e Ministério da Agricultura lançam edital do Agro 4.0; entenda

A Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI) e o Ministério da Agricultura e Pecuária lançaram o terceiro edital o programa Agro 4.0, que tem como objetivo selecionar projetos-pilotos de adoção de tecnologias no agronegócio. O edital tem três categorias: agricultura, pecuária e agroindústria. Os selecionados irão receber R$ 375 mil cada. As inscrições vão até 18 de setembro.

Segundo a ABDI, para desenvolver os projetos, os participantes deverão formar um grupo de trabalho constituído por, pelo menos, três entidades:

  • Empresa âncora: pssoa jurídica, responsável pela implantação da plataforma de gestão estratégica de dados de produção agropecuária de produtores vinculados, em sua unidade, podendo ser uma Cooperativa/Associação de produtores rurais ou Agroindústria, dependendo da categoria de participação.
  • Produtor rural: pessoa física ou jurídica, vinculada à Empresa âncora, que irá adotar tecnologias 4.0 para coleta de dados de produção agropecuária, em seus estabelecimentos rurais, no âmbito do projeto-piloto.
  • Provedora de solução tecnológica: pessoa jurídica, com o propósito de fornecer, implantar e dar suporte à adoção e a difusão de tecnologias 4.0, no âmbito do projeto-piloto.

Neste ano, o edital tem como tema “Gestão Estratégica de Dados de Produção Agropecuária”. Após o resultado dos selecionados, que deverá ser divulgado em até três meses após o fim da inscrição, os vencedores terão um ano para desenvolver seus projetos. No edital anterior, foram selecionados oito projetos de todo o país.

Segundo a coordenadora do programa, Isabela Gaya, analista de Produtividade e Inovação da Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), ainda existem muitos desafios para a adoção de tecnologias no campo, embora haja um avanço significativo nos últimos anos. Por isso, ela sustenta que a implementação de uma plataforma de dados pode ser uma ação estratégica para que a produção no Brasil seja mais eficiente.

“O que a gente quer com esse edital é trabalhar uma plataforma de gestão estratégica, para, a partir desses dados, ela (a cooperativa) possa fazer uma análise e acessar sites, recomendações e inteligência artificial para melhorar a sua integração com a cadeia produtiva, como previsibilidade de logística e de demanda, entre outras questões”, destacou a Isabela Gaya, em entrevista ao jornalista Roberto Fonseca, no Programa CB.Agro, uma parceria do Correio com a TV Brasília, na última sexta-feira (25/8).

Para acessar o edital e/ou realizar a inscrição, basta acessar este link.


https://www.correiobraziliense.com.br